fbpx
RESERVAS

BLOG

BEBÉ E MAMÃ + INFORMAÇÃO ÚTIL
17.02.2022

Medo do escuro?

Bem sabemos que o medo do escuro pode existir em todas as idades, no entanto ele é mais comum, e frequentemente falado, numa faixa etária mais nova.

As crianças, do 1 aos 5 anos, são por norma quem mais manifesta esta sensação. Isto acontece porque nesta altura começam a ganhar não só maior perceção da realidade, como um conhecimento mais profundo do mundo que as rodeiam o que origina, de forma natural, a sensação do medo. Para além disso o desenvolvimento constante do cérebro, e da imaginação, dos mais pequenos ajuda a que nesta altura surjam os monstros e os fantasmas que só existem, como seria de esperar, durante a noite.

Para ajudar os petizes a ultrapassar esta fase, é importante contar com alguns truques:

1 –  Luzes de presença: existem nas mais variadas cores e feitios, e podem ser, de uma forma discreta, sem comprometer o sono da criança, um suporte e um aconchego. Se a criança já for mais crescida inclua-a na escolha da luz, pois poderá conferir-lhe confiança;

 

2 –  Evite ecrãs antes de ir para a cama: O “consumo” de televisão antes de dormir não é aconselhado uma vez que, inevitavelmente, cria inquietação na criança. Por ser difícil para os mais novos distinguir a realidade do imaginário, os desenhos animados tornam-se o cúmplice perfeito;

 

3 –  Ler uma história ou fazer um jogo: acontece que, em muitos casos, ler uma história pode ajudar a tranquilizar a criança, pois cria-se um momento de calma e serenidade. Opte por histórias simples, de preferência que transmitam uma mensagem positiva ou que contenham uma moral no final;

 

4 –  Crie ferramentas de proteção imaginárias: todas as ideias são bem-vindas e por isso nada melhor que puxar pela imaginação. Uma caixa para guardar os monstros, ou um spray que afasta os fantasmas podem ser boas técnicas para conferir confiança à criança e tornar a hora do deitar um momento mais divertido.

 

 

 

Fonte : https://pumpkin.pt